terça-feira, 4 de abril de 2017

Só você, a musa dentre as musas de A a Z



De volta ao assunto, "fugindo do padrão". É um desastre ficar pensando, em como deveríamos ser, esteticamente falando. É preciso aceitar a pluralidade da beleza.  Seríamos mais felizes assim. Além de existir outro fator, não menos importante, como por exemplo, a educação que recebemos em casa, a qual pode gerar pessoas com baixa ou alto estima, mas que é um assunto pra outra ocasião, devemos ressaltar, que existe um sistema que tudo controla, e que devemos ir na contramão pra que não caiamos na escravidão. Somos parte de uma geração que está fazendo historia. Que a façamos com glamour. Afinal, cintura fina, quadril largo, pernas grossa, ou fina, popozão, ou popozinho, tudo isso é a beleza e sua diversidade. "O padrão do corpo perfeito" sempre sofrerá transformações. Mas, que o desejo de cuidar da saúde física e mental permaneça em conservação. Seja uma caminhada, artes marciais, uma dança, ou até mesmo uma meditação, se mantenha em ação. Sacode a poeira, se cuide, porque você é linda menina!


Nenhum comentário:

Postar um comentário